ENCONTRO MARCADO    
VIDEO    PROFILE    BIO    OPUS    EXCERPT    CRITICAL 
FERNANDO SABINO

Bibliography

Os grilos não cantam mais. Rio de Janeiro: Pongetti, 1941.
A marca. Rio de Janeiro: José Olympio, 1944.
A cidade vazia. Rio de Janeiro: O Cruzeiro, 1950.
A vida real. Rio de Janeiro: A Noite, 1952.
Lugares comum. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Saúde, 1952.
O encontro marcado. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1956.
O homem nu. Rio de Janeiro: Editora do Autor, 1960.
A mulher do vizinho. Rio de Janeiro: Editora do Autor, 1962.
A companheira de viagem. Rio de Janeiro, Editora do Autor, 1965.
A inglesa deslumbrada. Rio de Janeiro: Sabiá, 1967.
Gente I e Gente II. Rio de Janeiro: Record, 1975.
Deixa o Alfredo falar!. Rio de Janeiro: Record, 1976.
O encontro das águas. Rio de Janeiro: Record, 1977.
Gente. Rio de Janeiro: Record, 1979.
O grande mentecapto. Rio de Janeiro: Record, 1979.
A falta que ela me faz. Rio de Janeiro: Record, 1980.
O menino no espelho. Rio de Janeiro: Record, 1980.
O gato sou eu. Rio de Janeiro: Record, 1983.
Macacos me mordam. Rio de Janeiro: Record, 1984.
A vitória da infância. São Paulo: Nacional, 1984.
A faca de dois gumes. Rio de Janeiro: Record, 1985.
O pintor que pintou o sete. Rio de Janeiro: Berlendis & Vertecchia, 1987.
Os melhores contos. Rio de Janeiro: Record, 1987.
As melhores histórias. Rio de Janeiro: Record, 1987.
As melhores crônicas. Rio de Janeiro: Record, 1987.
Martini seco. São Paulo: Ática, 1988.
O tabuleiro de damas. Rio de Janeiro: Record, 1988.
De cabeça para baixo. Rio de Janeiro: Record, 1989.
A volta por cima. Rio de Janeiro: Record, 1990.
Zélia, uma paixão. Rio de Janeiro: Record, 1991.
O bom ladrão. São Paulo: Ática, 1991.
Aqui estamos todos nus. Rio de Janeiro: Record, 1993.
Os restos mortais. São Paulo: Ática, 1994.
A nudez de verdade. São Paulo: Ática, 1994.
Com a graça de Deus. Rio de Janeiro: Record, 1994.
O outro gume da faca. São Paulo: Ática, 1997.
Obra reunida. Rio de Janeiro, Nova Aguilar, 1996.
Um corpo de mulher. São Paulo: Ática, 1997.
O homem feito. São Paulo: Ática, 1998.

Foreign Editions

O encontro marcado, português. Portugal: Editora Livros do Brasil, 1958.
O homem nu, Der nackte mann, alemão. Editora Paul Neff, 1960.
O encontro marcado, Schwarzer mittag, alemão. Editora J. P. Bachem, 1962.
O encontro marcado, Eenzaam is de mens, holandês. Editora Uitgeverij de Fontein, 1963.
O encontro marcado, Encuentro marcado, espanhol. Editora Luis de Caralt, 1964.
"A mulher do vizinho". In: Antologia da literatura portuguesa e brasileira, russo. Editora da Universidade de Leningrado, 1964.
"Milho e fubá". In: Antologia da literatura portuguesa e brasileira, russo. Editora da Universidade de Leningrado, 1964.
O encontro marcado, A time to meet, inglês. Londres: Editora Souvenir Press, 1967.
O encontro marcado, A time to meet, inglês. Toronto: Editora Souvenir Press, 1967.
O encontro marcado, A time to meet, inglês. Londres: Editora A Panther Book, 1968.
O encontro marcado, Encuentro marcado, espanhol. Editora Luis de Caralt, 1964.
O Grande Mentecapto, português. Portugal: Editora Nova Nórdica, 1984.
O homem nu, L’homme nu, francês. Editora Presse Pocket, 1986.
A mulher do vizinho, D ie frau des nachbarn, alemão. Editora Diá, 1991.
Zélia, uma paixão, Zélia Cardoso de Mello, una pasión, espanhol. Editorial Ver, 1992.

Scripts

Goiás, Jeca Tatu, O Bonde, Eterno Sofredor, Jean Manzon Films.
O Pinheiro em suas Mãos, A Distância, Forjando o Progresso, Indústria Naval, uma realidade, Perrin Persin Produções
Professores Americanos, Canal 100
Bahia Pitoresca, Brasília 1962, Domando as Águas, Maranhão, Terra de Primores, Saneando o Brasil, Rozemberg Produções.
Amazonas em Nossos Dias, Cinegráfica Botelho.
O homem nu, Wallfilme Produções.
Crônicas de Hollywood, Globo TV.
Costa Oeste Americana – Um Mercado para o Brasil, Ministério do Comércio.
O Caminho de Amizade – Paraguay, Ministério das Relações Exteriores.
A Promessa Mexicana, Ministério das Relações Exteriores.
Sob Duas Bandeiras, Ministério das Relações Exteriores.
Num Mercado Persa, Ministério das Relações Exteriores.
O Brasil em Hanover, Ministério das Relações Exteriores.