ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    BIO    OBRA    EXCERTO    CRÍTICA 

THIAGO DE MELLO

[ Barreirinha: 1926 ] Poeta da Amazônia, escreve para repartir as esperanças. Em todos os seus livros existem duas constantes: o amor ao seu país e uma visão clara das terríveis injustiças sociais que sempre desfilam ante seus olhos de poeta. Luta pela preservação da mata e dos índios.

Atualizado em 1999