ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    BIO    OBRA    EXCERTO    CRÍTICA 
PAULO MENDES CAMPOS

"(...) Só me resta dizer que o tempo não tem passado em vão por Paulo Mendes Campos. Talvez ainda seja o caso de citar Valéry: "Dieu a tout fait de rien, mais le rien perce". De tudo e de nada, o poeta faz sua poesia, que penetra, que abre e que alarga o horizonte de uma vida. Este poeta e esta vida aqui se chamam Paulo Mendes Campos, convocando o mundo para entendê-lo e cantá-lo"
Otto Lara Resende em "Os melhores poemas de Paulo Mendes Campos"

"(...) Um livro como este fascinante Diário da tarde talvez nos revele melhor o homem e o escritor Paulo Mendes Campos do que vários outros que já publicou. Ele reuniu aqui, em vários flashes que se repetem em seqüência harmônica, mas sempre distintos uns dos outros, aqueles moments décisifs, como os chamam os grandes mestres da fotografia que, marcando nossa existência pela empatia ou pela antipatia que nos causam, delineiam nosso perfil humano e dão o mapa da mina de nossa personalidade.
Humor, ironia, mordacidade, beleza poética, esporte, frases soltas (que, por vezes, fazem mais sentido do que parágrafos inteiros...), emoção de viver e de sentir, tudo isso está aqui, tudo isso é Paulo Mendes Campos, a soma sendo maior do que o total das partes.
Um belo livro. Um documento. Um testemunho."
Ênio Silveira em Diário da Tarde