ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    BIO    OBRA    EXCERTO    CRÍTICA 
MÁRIO PRATA

O Pesadelo do Ministro
por Fernando Morais

"A graça e o singular talento de Mario Prata, transformaram o que poderia ser apenas mais um aborrecido dicionário em um saboroso mergulho na alma portuguesa. E também uma reportagem literária a respeito da primeira grande revolução vivida pelo país nos últimos sete séculos: a triunfal entrada de Portugal no Primeiro Mundo pelas portas da unificação européia. Cada um dos seiscentos verbetes vem acompanhado da lembrança de algum episódio vivido pelo autor em dois anos de exílio voluntário em Cascais. Em todos eles, sem exceção, está impressa a marca registrada de um dos mais brilhantes e criativos autores da língua portuguesa."
Prefácio. In: PRATA, Mario. Schifaizfavoire: Dicionário de Português.

Todos por um
por José Marcio Penido

"A ternura tem seus pudores. Mas Mário Prata não acredita nisso e descarrega despudoradamente a sua nos quatro personagens de sua peça Cordão Umbilical. (...)
Em nenhum momento, ternura e lirismo podem ser batizados de sentimentalismo e pieguice. Os artistas de O Cordão sabem que uma tênue fronteira separa a comoção forte da lágrima fácil. E fincam decididamente o pé no território do bom gosto e da contenção."
Revista Veja, 18/10/1972