ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    BIO    OBRA    EXCERTO    CRÍTICA 
JOSÉ LOUZEIRO

Bibliografia

Depois da Luta, contos, 1ª edição, Organização Simões, 1958; 2ª edição, Editora Record, 1980.
Acusado de Homicídio, novela, 1ª edição, Sávio Antunes, 1960; 2ª edição, Editora Record, 1983.
Assim Marcha a Família, reportagens em colaboração com Sylvan Paezzo, Luciano Alfredo Barcelos, Arthur José Poerner, Edson Braga e Agostinho Seixas. Civilização Brasileira, 1965.
André Rebouças, estudo biográfico: Tempo Brasileiro, 1968.
Judas Arrependido, contos: 1ª edição, José Alvaro Editor, 1968; 2ª edição, Editora Record, 1986.
Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia. Romance: 1ª edição, Civilização Brasileira, 1975; 2ª edição, Editora Record, 1977; Coleção Grandes Sucessos, Abril Cultural, 1982; 9ª edição, Nova Fronteira, 1985; Circulo do Livro, 1986.
Aracelli, Meu Amor, romance: 1ª edição, Civilização Brasileira, 1976; 2ª edição, Editora Record, 1981; Circulo do Livro, 1987.
Inimigos Mortais, novela, Cedibra, 1976.
Moedas de Sangue, novela, Cedibra, 1976.
Internato da Morte, novela, Cedibra, 1976.
Estrangulador da Lapa, novela. 1ª edição, Cedibra, 1976; 2ª edição, Record, 1981 (incluindo as novelas Inimigos Mortais, Moedas de Sangue e Internato da Morte).
Sociedade Secreta, novela, 1ª edição, Cedibra, 1976; 2ª edição, Editora Record, 1981; Circulo do Livro, 1990.
Infância dos Mortos (Pixote), romance: 1ª edição, Editora Record, 1977; Coleção Grandes Sucessos, Abril Cultural, 1984; Circulo do Livro, 1986; 5ª edição, Global Editora, 1987; Ediouro, 1998.
Os Amores da Pantera, argumento cinematográfico: 1ª edição, Edição Nosso Tempo, 1977; 2ª edição Editora Record, 1983.
Estranho Hábito de Viver, romance: 1ª edição Editora Record, 1978; Circulo do Livro, 1984.
Parceiros da Aventura, roteiro cinematográfico, Editora Record, 1979.
Em Carne Viva, romance, 1ª edição, Editora Record, 1980; Clube do Livro, 1988.
Fruto do Amor, roteiro cinematográfico, Editora Record, 1980.
20º Axioma, romance policial, Editora Record, 1980.
M-20, a Morte do Líder, romance policial: 1ª edição, Editora Record, 1981; Clube do Livro, 1988.
Verão dos Perseguidos, romance, Editora Record, 1983.
A Gang do Beijo, romance juvenil, 1ª edição, Nova Fronteira, 1984; Clube do Livro, 1986; Ediouro, 1996.
Bezerro de Ouro, romance juvenil, Nova Fronteira, 1986; Ediouro, 1997.
Devotos do Ódio, uma Profecia Camponesa, romance, 1ª edição, Global Editora, 1987; Circulo do Livro, 1988.
Pilão da Madrugada, biografia do líder político maranhense Neiva Moreira, Editora Terceiro Mundo, 1989.
Ritinha Temporal, romance juvenil, Nova Fronteira, 1991.
Pixote, a Lei do Mais Forte, romance, Editora Civilização Brasileira, 1993.
Praça das Dores, contos, juvenil, Salamandra, 1994.
Beija Flor, o amigo especial, romance juvenil, Agir, 1995.
Pink, viagem ao submundo mágico, romance juvenil, Civ. Brasileira, 1995.
Gugu Mania, romance juvenil, Civ. Brasileira, 1996.
JK, o otimismo em pessoa, biografia juvenil, Ediouro, 1996.
Villa-Lobos, o aprendiz de feiticeiro, biografia juvenil, Ediouro, 1997.
Mito em Chamas, a lenda do justiceiro Mão Branca, romance, Moderna, 1997.
Elza Soares, cantando para não enlouquecer, biografia, Globo, 1997.
A Hora H do Padre G, romance juvenil, Moderna, 1998.

Edições no exterior

La Infancia de los Muertos, romance. Barcelona: Editorial Argos Vergara, 1987.
El Pasajero de la Agonia, romance. Barcelona: Editorial Argos Vergara, 1979.
Pixote, la Loi du plus faible, romance. Paris: Editions Karthala, 1982.
Die Stunde der Fledermäuse (Ritinha Temporal). Berlin-München: Altberliner, 1995.
Figli del buio (Praça das Dores). Milano: Mondadori, 1996.

Adaptações/Cinema

Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia, direção de Hector Babenco.
Estranho Hábito de Viver, com o título de Amor Bandido, direção de Bruno Barreto.
Infância dos Mortos / Pixote, a Lei do Mais Fraco, direção de Hector Babenco.
Fruto do Amor, direção de Milton Alencar Jr.
Parceiros da Aventura, direção de José Medeiros.
Os Amores da Pantera, direção de Jece Valadão.
Pixote, a lei do mais forte / Quem matou Pixote?, direção José Joffily.

Adaptações / Teatro

Inimigos Mortais, com o título O Dia da Caça, direção de Roberto Frota (Rio)/Walter Padgurschi (S. Paulo).
Aracelli, Meu Amor (O Último Dia de Aracelli), texto de Marcílio Moraes, direção de Ademar Guerra (S. Paulo)/Carlos Murtinho (Rio).
Infância dos Mortos, texto e direção de José Facuri (Rio)/texto do Grupo A Gang do Beijo, direção de Expedito Barreira (Rio).

Roteiros Cinematográficos/Filmes

Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia, em colaboração com Hector Babenco e Jorge Duran. Direção, Hector Babenco.
Os Amores da Pantera, direção de Jece Valadão.
Escolhido de Iemanjá, em colaboração com Jorge Duran. Direção, Jorge Duran.
Parceiros da Aventura, direção de José Medeiros.
Amor Bandido, em colaboração com Bruno Barreto e Leopoldo Serran. Direção, Bruno Barreto.
Caso Cláudia, em colaboração com Miguel Borges e Valério Meinel. Direção, Miguel Borges.
Pixote, a Lei do Mais Fraco, em colaboração com Hector Babenco e Jorge Duran. Direção, Hector Babenco.
Fruto do Amor, direção de Milton Alencar Jr.
Seqüestro, em colaboração com Emílio Fontana e Antônio Carlos Fon. Direção, Emílio Fontana.
Escalada da Violência, direção de Milton Alencar Jr.
Estranhas Relações, direção de Milton Alencar Jr.
Amor Maldito, direção de Adélia Sampaio.
Noite, em colaboração com Gilberto Loureiro. Direção, Gilberto Loureiro.
Homem da Capa Preta, em colaboração com Sérgio Rezende e Tairone Feitosa. Direção de Sérgio Rezende.

Novelas/Televisão

Corpo Santo, TV Manchete, 1987. Prêmio de Melhor Novela e Melhor Autor, concedido pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA)
Olho por Olho, TV Manchete, 1988.
Gente Fina, TV Globo, 1990.