ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    BIO    OBRA    CRÍTICA 
JON TOB AZULAY

Documentários e curtas-metragens
Exu Mangueira – documentário etnográfico sobre Umbanda e Quimbanda filmado na favela da Rocinha (16mm – 45 min), 1975.
Euphrasia – documentário histórico sobre Vassouras (RJ) e os barões do café, indicado para a Coruja de Ouro e selecionado para o Festival de Gramado (35mm – 10 min), 1975.
A Exposição Craô – documentário sobre arte craô para o Centro Nacional de Referência Cultural de Brasília (Aluízio Magalhães) (16mm – 15 min), 1978.
O Alquimista do Mato (Os Raizeiros) – documentário etnográfico sobre um raizeiro da região de Vassouras (RJ), Prêmio Funarte, (16mm – 25 min), 1978.
Torneio Amilcar Cabral – documentário sobre Guiné-Bissau em co-produção com o Instituto Nacional de Cinema de Guiné-Bissau (16mm – 27 min), 1979.
Suburbano, Carioca, Mulato e Malandro – documentário sobre o cantor e compositor João Nogueira (35mm – 10 min), 1979.
Ilha Grande – documentário sobre a Ilha Grande do litoral fluminense, Prêmio Embratur (35mm – 10min), 1981.
Estações Rodoviárias – co-direção com Alfredo Grieco – vídeo didático, 40 min, 1981.
Matadouros – idem com Alfredo Grieco – vídeo didático, 40 min, 1981.
Feiras Livres – idem com Alfredo Grieco – vídeo didático, 20 min, 1981.
Vídeoclip Legião Urbana – 5 min, 1984.
Caminhos da Arquitetura no Brasil – série sobre a obra dos arquitetos Décio Tozzi, Eolo Maia, Severiano Porto, Siegbert Zanetini e Carlos Fayet (vídeo – 100 min), 1986.
Nina’s Pressage – documentário sobre a bailarina Nina Verchinina (vídeo – 15 min), 1991.
Sebrae – 2 filmes didáticos de 7min, cada um sobre a empresa e o mercado para o Sebrae (vídeo), 1992.
Santana dos Pescadores – documentário sobre a pesca artesanal na região de Búzios (RJ), selecionado para a 11a Mostra Atlântica de Televisão dos Açores (vídeo - 17 min), 1993.
Pintinho – co-direção com Sandra Werneck – documentário sobre futebol juvenil para a TV alemã ZDF, 1993.
Aide-Mémoire – Caminhos da Diplomacia Brasileira – documentário sobre a diplomacia brasileira (vídeo – 52 min c/versão de 15min), 1997.

Longas-metragens
Os Doces Bárbaros – documentário musical com Gilberto Gil, Gal Costa, Maria Bethania e Caetano Velloso (35 mm – 110min), 1978.
Corações a Mil – comédia musical com Gilberto Gil, Regina Casé e Joel Barcellos (35mm – Dolby Stereo – 85 min), 1983. Selecionado para os Festivais de 1984 de Grenoble (França), Biarritz (França), Filmex (Los Angeles), Mill Valley (Califórnia).
O Judeu – drama histórico com Felipe Pinheiro, Dina Sfat, Fernanda Torres, Mario Viegas, Fábio Junqueira, Cristina Aché, José Lewgoy, José Neto e Curado Ribeiro, co-produção luso-brasileira, prêmio de Melhor Filme, Melhor Direção de Arte, Melhor Ator Coadjuvante (José Lewgoy) e Melhor Som no 28º Festival de Brasília; Melhor Ator Coadjuvante (José Lewgoy) no Festival de Cartagena de 1996 (35 mm - Dolby Stereo - 85 min), 1995.

Artigos Publicados
Panorama da Indústria Cinematográfica Brasileira. Rio de Janeiro: Jornal do Brasil, Caderno Especial, 13/7/80.
Cinema Brasileiro e Comunicação Social. Rio de Janeiro: Jornal do Brasil, Caderno Especial, 11/1/81.
O cinema, o real e Alberto Cavalcanti. Rio de Janeiro: Jornal do Brasil, Caderno Especial, 24/10/82.
Pela Identidade Luso-brasileira. Rio de Janeiro: Jornal do Brasil, 12/1/86.
500 Anos do Brasil – Algumas considerações. Lisboa: Diário de Notícias, Idéias/Cultura, 6/7/95.
Portugal e Brasil, ainda. Lisboa: Diário de Notícias, Idéias/Cultura, 16/3/95.
El Cine Iberoamericano desde un punto de vista brasileño – conferência no Cine Foro del Ciclo de Cine Brasileño del festival "Brasil en Caracas 97", em 28/10/97, Caracas, Venezuela.