ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    BIO    OBRA    EXCERTO    CRÍTICA 
ADÉLIA PRADO

Poesia
Bagagem. Rio de Janeiro: Imago Editora, 1976.
O coração disparado. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1977.
Terra de Santa Cruz. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1981.
O pelicano. Rio de Janeiro: Editora Guanabara, 1987.
A faca no peito. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 1988.
Poesia reunida. São Paulo: Editora Siciliano, 1991.

Prosa
Solte os cachorros. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1979.
Cacos para um vitral. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1980.
Os componentes da banda. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1984.
Chorinho doce. Contagem: IOCHPE-Maxion, 1995.

Teatro
Das obras publicadas foram extraídas as seguintes peças teatrais: Missa das dez, Duas horas da tarde no Brasil, Endecha, O coração disparado, Roca e Dona Doida (esta última encenada por Fernanda Montenegro em quase todos os estados brasileiros, em Portugal e nos Estados Unidos).

Edições no exterior

Livros
The Alphabet in the Park: Selected poems of Adélia Prado, inglês. Midlletown: Wesleyan University Press, 1990.
O coração disparado, El corazón disparado, espanhol. Buenos Aires: Leviatán, 1994.

Antologia
A filha da antiga lei (in: Antologia da poesia brasileira), chinês. Pequim: Embaixada do Brasil em Pequim, 1994.