ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    BIO    OBRA    EXCERTO    CRÍTICA 
CHICO CARUSO

Chico Caruso é paulistano, nascido em 6 de dezembro de 1949. É irmão gêmeo do também cartunista Paulo Caruso.

Formou-se em Arquitetura pela USP. Em 68, aos 14 anos, começou a trabalhar na Folha da Tarde, onde permaneceu até 1975. Começou a fazer Charges em 1969, no Pasquim, importante polo de oposição à ditadura militar.

Depois de passar por diversas publicações alternativas, ingressou na chamada grande imprensa. Seu trabalho passou a ter grande repercussão no Jornal do Brasil, onde entrou em 1978.

Paralelamente ao Jornal do Brasil, já fazia charges animadas nos telejornais da TV Globo. Em 1984, foi convidado pelo jornal O Globo, em que publica até hoje, na primeira página, sua charge colorida de terça-feira a domingo.

Durante o Governo Collor, uma explosão de humor permeia a crise vivida pelo país e Chico Caruso é sua melhor tradução.

Os irmãos Chico e Paulo Caruso, ambos chargistas já consagrados, enveredaram pelo caminho da música em 1985. Formaram uma banda que atualmente se chama Conjunto Nacional, mas já foi Muda Brasil, Tancredo Jazz Band e Avenida Brasil e começaram a jornada de shows. As músicas, que são de autoria de Paulo, brincam com os fatos do dia a dia, as decisões governamentais, os deslizes das autoridades, fazendo o que Chico denomina uma caricatura musical de sua época. Os estilos musicais são variados; uma marchinha de carnaval, um funk, jazz ou mesmo uma guarânia, mas o objetivo é um só: a gozação.

No final de 1998 os irmãos Caruso e o Conjunto Nacional lançaram seu primeiro CD, Pra Seu Governo. O show de lançamento, que foi bem recebido pela crítica, contou com as participações especiais de Luís Fernando Veríssimo e Aroeira.