ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    BIO    OBRA    EXCERTO    CRÍTICA 
AUTRAN DOURADO

O risco do bordado

"Eu só conheci Xambá, dos outros não posso falar. Quem com eles tratou tem uma visão bem diferente da sua, é capaz de mais próximo da verdade, não sei. Dizem que eles só tinham vez, só espalhavam prosápia e valentia por causa da proteção de cima. Tirassem a proteção e o trabuco da mão daquela gente, só deixassem a faca, aí é que eu queria ver valentia. Arma branca é o diabo, demanda muita coragem. Com trabuco e proteção não é tanta vantagem.

Da pessoa de Xambá eu posso falar. Das suas proezas não, que essas eu só sabia de ouvir dizer, como toda gente. Só que não eram assim tão coloridas e farfalhantes, tão heróicas e tenebrosas feito você pintou. Só posso dar o testemunho do caso que comigo se passou. Você vai juntando essas histórias, depois tira a limpo. É capaz de não valer a pena, o que resta é apenas fumaça, desilusão. Mas de um homem sempre alguma coisa fica, quando nada nas lembranças, esperando a ressurreição. Feito dizem: Deus é que sabe por inteiro o risco do bordado."