ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    BIO    OBRA    EXCERTO    CRÍTICA 

AUGUSTO BOAL

[ Rio de Janeiro: 1931 – 2009 ] Ator, diretor e dramaturgo, Augusto Boal, seguindo a trajetória do teatro moderno, rompe radicalmente com a tradicional divisão entre palco e platéia, como também chama atenção para a teatralização do próprio cotidiano. E reúne esses dois fatores na criação de um teatro de libertação poético-político. Seu trabalho reflexivo e lúdico busca restituir a voz e, principalmente, a participação das pessoas na resolução dos conflitos retirados do dia a dia e indica a possibilidade da emancipação dos oprimidos.

Atualizado em 1999