ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    BIO    OBRA    CRÍTICA 
ANTÔNIO NÓBREGA

A Cara do Brasil
Por Maria Lúcia Pereira, "Revista Sete Palcos"

"Certo domingo, há mais de dez anos, caminhando em São Paulo pela mais cosmopolita das ruas brasileiras, a Avenida Paulista, deparei com algo inusitado no vão livre do MASP, um de nossos mais importantes museus: sobre um palanque, apresentava-se um artista de características únicas. Ali me detive e não consegui me afastar até o término de sua apresentação. À minha frente, igualmente encantado, Klauss Viana, o mestre e guru do corpo dos artistas brasileiros. Em cena, Antônio Nóbrega. Que tocava sete instrumentos, cantava, dançava, representava. Tudo à excelência. Sua dança, feita de trejeitos, gestos breves e movimentos sincopados e quebrados, lembrava os bonecos de engonço, os passistas de frevo, os velhos de Pastoril, os Mateus de Bumba-meu-boi. Naquela manhã, na mais cosmopolita de nossas avenidas, dei de cara com o Brasil."