ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    BIO    OBRA    EXCERTO    CRÍTICA 
ANTONIO CALLADO

"Só muito mais tarde é que Nando localizou no dia da lição do cla, cle, cli o princípio da diluição da noz de egoísmo que no seu peito era a pequena mas portentosa usina de atrair Francisca. No momento, foi assim feito uma vertigem. A salinha escura. O projetor jorrando luz na parede caiada, na mão de Francisca que mudava um slide, no cabelo de Francisca. A luz do projetor de volta da parede acendendo a cara dos camponeses. Repetindo por fora o trabalho de escultura que a palavra fazia por dentro.
– Cla – disse o camponês.
– Classe, clamor – disse Francisca.
– Cle.
– Clemência.
– Cli.
– Clima.
– Clu.
– Clube.
Francisca tirou um slide de fora da série. A palavra de duas letras mas grande na parede. Vários camponeses leram juntos:
– Eu.
Outro slide e disseram:
– Re.
– Pensem em classe e clamor – disse Francisca enquanto colocava o slide com o pronome e o verbo.
– Eu re – disse um camponês.
– Eu remo! – disse outro.
– Eu clamo – disse outro.
– Eu sei professora, eu sei Dona Francisca. Eu RECLAMO!
Mesmo agora, já habituado a assistir e a ensinar ele próprio, Nando sentia os olhos cheios d’água, quando diante de um camponês uma coisa ou uma ação virava palavra. A criança tantas vezes vai fazer a coisa a comando da palavra. Para aqueles camponeses tudo já existia menos a palavra.
– De – disse um camponês.
– Cla – disseram todos.
– Ra – disse um camponês.
– DECLARAÇÃO! – disse outro.
Como se visse entrar num alçapão um pássaro palpitante, pensou Nando. E lembrou os possantes dentes alvos e quadrados do Padre Gonçalo quando riu da emoção de Nando ao assistir a primeira aula. "É o porre do Verbo, Seu Nando!"
– Reclamar vocês todos sabem o que é – disse Francisca.
Os camponeses riram.
– Só que precisam reclamar cada vez mais. Reclamar tudo a que vocês têm direito. Direito também vocês sabem o que é. Direito que todo homem tem de comer, de ganhar dinheiro pelo trabalho que faz, de votar em quem quiser em dia de eleição."

Trecho do romance "Quarup", cap. "A Palavra"