ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    BIO    OBRA    EXCERTO    CRÍTICA 
MAURO RASI

"Rir é o melhor remédio? Para Mauro Rasi – autor de A Mente Capta, em cartaz no Teatro da Praia (Rio) – não há a menor dúvida que sim. Seja nos seus textos com Vicente Pereira e agora a sós, em ocasiões como A Receita do Sucesso ou As 1001 Encarnações de Pompeu Loredo, Rasi vem desenvolvendo sua peculiar visão do mundo. Onde nada se leva a sério. Assim, de seus textos brotam múltiplas idéias numa torrente evolutiva de "sketches". Muitos extremamente engraçados, outros, menos, diversos nem tanto – a variação mais em função da dosagem que até mesmo de um humor intrínseco... O encontro entre Rasi e Wolf Maya (e antes Rasi / Jorge Fernando) é altamente estimulante... Um espetáculo excessivo. Generosamente excessivo."
Wilson Cunha. Revista Manchete, 13.12.82

"Mauro Rasi, desta vez sem Vicente Pereira, seu parceiro em As 1001 Encarnações de Pompeu Loredo, um dos bons espetáculos do ano passado, confirma as qualidades que fazem do seu texto um dos melhores humores do nosso teatro hoje. Um humor cruel, debochado, muitas vezes desesperado, mas sempre transgressor. É esta transgressão que encontramos no texto de Rasi – e também no de Vicente Pereira – é radical por subverter a ordem lógica que comanda as nossas relações com o mundo, revelando assim a sua tirania absurda. O riso aí é uma reflexão liberadora"
Kátia Muricy. Isto É, 10.06.81