ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    BIO    OBRA    EXCERTO    CRÍTICA 
MARINA COLASANTI

"(...) Todas as leituras me influenciaram. Desde criança, li muito. O conjunto dessas leituras encheu minha vida de aventura, de beleza, e me transmitiu para sempre a noção da força da palavra. (...)
Escrever é o meu cotidiano. O meu ganha-pão. O cavalo da minha fantasia. Escrevendo, me sinto um peixe dentro d’água, me sinto extremamente capaz. Eu trabalho em várias faixas de linguagem, e gosto dessa coisa de adaptar a palavra a seu uso, de adequá-la a um texto jornalístico, ou publicitário ou literário. Para mim, entretanto, tão importante quanto a escrita é o processo criativo em si, o momento em que a narrativa se faz, se inventa na cabeça, e que antecede a escrita. (...)"
Extraído de "Ana Z, aonde vai você?"