ENCONTRO MARCADO    
VÍDEO    PERFIL    OBRA    EXCERTO    CRÍTICA 
JOSÉ MIGUEL WISNIK

A primavera é quando ninguém mais espera / a primavera é quando não / a primavera é quando do escuro da terra / ascende a música da paixão / a primavera é quando ninguém mais espera / e desespera tudo em flor / a primavera é quando ninguém acredita / e ressuscita por amor